Dicas e estratégias de UX para desenvolvedores

A expectativa é bem alta hoje em dia, quando o assunto passa a ser experiência do usuário. As considerações em UX permanecem em todos os estágios do ciclo de um software, site ou app, da criação, as atualizações com o intuito de uso, é um elemento crítico para o sucesso de qualquer projeto.

O que um desenvolvedor pode fazer? Comece por compreender quais as melhores práticas de UX e você estará no caminho certo para usa-lo em sua vantagem competitiva. Siga estas valiosas dicas que aprendi ao longo de mais de 15 anos em desenvolvimento de produtos.

1. Não é apenas sobre UX. É sobre experiência do cliente – CX

Os problemas técnicos são a razão número 1 para um app ser deletado, portanto se certifique de entender customer experience (CX) em todas as fases da vida do produto. CX é a soma das interações do usuário com o produto(app, blog, site, online shop), movendo-se por suporte, atualizações e usabilidade. Pense a respeito das interações com o cliente durante cada uma das 3 fases: antes, depois e após o uso do seu produto. Por exemplo, pense em como é fácil comprar e registrar-se. Recentemente, encontrei um aplicativo que exigia que eu enviasse uma mensagem de texto, o que levou o sistema a responder com um link na resposta, para que eu pudesse abrir um navegador no meu telefone para registrar e ativar um código de desconto, esse processo foi complicado e demorou muito tempo, então eu o abandonei, mesmo gostando do produto que seria usado.

  1. Validar suas suposições com usuários reais

Você pode ter a sorte de conhecer usuários da vida real, mas muitas vezes você não pode ficar em contato constante com eles, além disso, você provavelmente tem seus próprios preconceitos e opiniões sobre usabilidade e com restrições de viagem e orçamento, você às vezes só consultará pessoas que estão muito próximas, mas não são representativas da população de usuários mais ampla. Na minha organização, incluímos um punhado de clientes cuidadosamente selecionados como parceiros de design e vários outros como usuários beta. Em seguida, acompanhamos a disponibilidade geral com pesquisas de clientes, feedback de suporte e interações de mídia social. Depois de receber o feedback, certifique-se de que o acompanha em tempo hábil e o aplica ao seu produto.

  1. O desempenho é tão importante como a funcionalidade e o design

Esta é uma parte fundamental do UX, e na minha experiência, nada além de perfeito, será satisfatório. Se a sua página leva mais de dois segundos para carregar, as pessoas provavelmente assumirão que ela tem problemas e irão embora. Portanto, é importante testar o desempenho e a latência em condições reais, usando 3G, 4G e Wi-Fi, e depois testar enquanto se movimenta entre essas redes.

  1. Use uma navegação clara e simples

Ajude os usuários a se orientarem e facilite o avanço e o retrocesso de seu aplicativo – não apenas ao rolar, mas também após as atualizações da página. Os usuários devem saber onde estão no aplicativo a qualquer momento, independentemente das ações que tenham tomado.

  1. Evite links “clique aqui”

Uma porta não tem uma placa a dizer “Abra-me”. As pessoas sabem que uma porta é para isso. O que elas querem saber é para onde ela leva. A melhor abordagem é explicar o que um link faz e para onde ele vai levá-los.

  1. Um rolo de papel duplo é um UX pobre

A rolagem dupla ocorre quando você tem duas rolagens na mesma direção, com uma delas em uma moldura, ou quando você tem uma combinação de rolagens horizontais e verticais. Isso é extremamente confuso para os usuários e muitas vezes leva a erros, além de tornar quase impossível usar o aplicativo em um dispositivo com uma interface de usuário de toque/swipe.

  1. Use ícones claros, reconhecíveis e consistentes

Skeuomorphism, a prática do design de criar itens que se assemelham, é tua amiga, mas só deve considera-la até certo ponto. Ter um ícone de disco para salvar ou um ícone de impressora para imprimir é intuitivo, mas não invente novos conceitos ou representações, limite-se a reutilizar conceitos visuais bem conhecidos, nesse caso, ser visionário é negativo.

  1. Alinhar fontes para dispositivos móveis

Os usuários acessam a maioria das páginas por dispositivos móveis, bem como tablets, laptops e computadores de mesa, para que suas páginas tenham boa aparência e sejam fáceis de usar em qualquer plataforma e em qualquer resolução que seus usuários possam precisar. Certifique-se de que as fontes, bem como os gráficos, fazem parte do seu design responsivo e certifique-se de que respeita quaisquer definições de acessibilidade que o utilizador tenha configurado, resumindo, seja responsivo para qualquer aparelho.

  1. Mostrar mensagens de erro informativas

Erros acontecem, mas se as mensagens não são claramente visíveis e informativas, elas são apenas um incômodo. Eu recentemente comecei a usar uma nova câmera que produziu a mensagem de erro bastante inútil “Camera failed”. Eu já sabia disso. O aplicativo deveria ter me dado informações úteis sobre o que falhou e que ação eu deveria tomar.

Olhando para os níveis estratégico e tático onde você pode afetar a experiência do usuário, engajamento e satisfação vão ajudá-lo a evitar muitos dos erros.

10. Em qualquer projeto, atente-se ao SEO 

Essas dicas ajudaram ? Comente sobre o que gostaria que escrevêssemos, também estamos disponíveis para responder as suas dúvidas sobre este artigo.

Quer contratar especialistas ? Veja os serviços que oferecemos.

This Post Has One Comment

Leave a Reply

Close Menu

Nós não enviamos spam ou informações inúteis, pode ficar tranquilo.